Sim ou não é sempre sim.

Porque tentar prever o mundo é a maior perca de tempo do mundo.

Não adianta gritar, porque o mundo não vai ouvir.

Não adianta chorar e chorar, comer muito, ou dormir uma semana inteira para aliviar aquela dor incômoda do seu peito, porque, quando você acabar de chorar, quando a fome voltar, quando você acordar, na semana seguinte, o mundo e aquela dor vão estar te esperando para resolver os seus problemas.

Não adianta amar aquela pessoa com todo o seu coração se ela não sentir a mesma coisa.

Não adianta planejar um futuro inteiro, pois nem sequer esqueceu o seu passado e o presente anda mastigado.

Não adianta prever um dia: existiu dias que eu acordei com o coração falido de amor, com o pensamento perdido, com a manhã cinza e sem fé, mas em que, na noite desse dia, o pensamento se energizou com todo o amor ao meu redor, o coração bateu mais forte, a vida chamava, alegre, para ir dançar com ela, e na manhã seguinte, declarei o melhor dia da minha vida; assim como existiu dias em que acordei e vi o céu de perto, os anjos tocando as nuvens, o peito aberto, as flores mais cheirosas pelo caminho… Para, mais tarde, dormir no vazio.

Então, não adianta, não adianta se machucar porque sempre vai ter alguém para te amar, independente de quem seja.

Não adianta dizer que o mundo é escuro porque em algum canto existe luz. Não adianta dizer que você tem razão porque a ideia de se ter razão é apenas uma ilusão.

Não adianta se chamar de feia na frente do espelho porque, em algum lugar do mundo, existe alguém que te aceitará desse jeitinho.

Não adianta fugir da dor, ela sempre existirá, ela é necessária; mas fugir da alegria, é nunca poder saborear a outra versão da vida.

 

Meu nome é Luísa Alves, sou de Belo Horizonte, tenho 18 anos e escrevo sobre depressão, autoconhecimento, relacionamentos, autoestima e insegurança. Além da escrita, sou apaixonada pela astrologia, pela MPB e conhecer a história das pessoas.

Você também é blogueira aqui 🙂
Tem alguma história para contar? Manda pra gente no falecomnovasblogueiras@gmail.com!